Bolsonaro participa da Marcha para Jesus 2019, em São Paulo

Bolsonaro participa da Marcha para Jesus 2019, em São Paulo

O presidente Jair Bolsonaro foi recebido sob aplausos na 27ª Marcha Para Jesus. Cumpriu sua promessa e compareceu à Marcha para Jesus deste ano. Ele entrou para a história do evento, tornando-se o primeiro presidente brasileiro a participar da maior manifestação cristã do mundo.

O Resgatador- tema da 27ª edição da Marcha é uma referência à passagem bíblica de 1 Timóteo 2.6, que diz: “Ele se entregou em resgate por todos, para servir de testemunho a seu próprio tempo”. Milhões de pessoas participaram desta manifestação de alegria, amor, esperança, gratidão e muita fé.

Com a transmissão para vários países do mundo inteiro, a Marcha para Jesus 2019 foi o maior de todas as marchas realizadas. É um marco na história.

O presidente Jair Bolsonaro durante a 27ª edição da Marcha para Jesus, em São Paulo.

O presidente discursou para os presentes no evento que, segundo os organizadores, reuniu 3 milhões de pessoas. Questionado sobre uma possível reeleição, declarou: “Se tiver uma boa reforma política eu posso até jogar fora a possibilidade de reeleição. Agora, se não tiver uma boa reforma política e se o povo quiser, estamos aí para continuar mais quatro anos “.

Ao lado de diversas lideranças evangélicas, ele recebeu orações, fez um breve discurso, agradeceu o convite e afirmou que “é muito bom estar entre amigos”.

“Melhor ainda quando esses amigos têm Deus no coração. Porque assim agora nós somos irmãos. Muito obrigado pelo convite. O ano passado eu lhes disse: ‘Se Deus quiser, estarei o ano que vem nessa Marcha como presidente da República do Brasil!’. Um presidente que diz que o estado é laico, mas ele é cristão!”, declarou.

Ao público, o presidente afirmou: “Vocês foram decisivos para mudar o destino dessa pátria maravilhosa chamada Brasil. Todos nós juntos compartilhamos dessa responsabilidade. Onde primeiro Deus e depois a família respeitada e tradicional acima de tudo. Eu agradeço a Deus também primeiro por estar vivo, porque foi dele esse dom de me dar pela segunda vez a vida. Agradeço a vocês pelas orações nos momentos difíceis que encontrei pela frente. E Ele nos deu a presidência.”

Ao final, Bolsonaro declarou que pretende estar na Marcha para Jesus de 2020. Ao seu lado estavam o senador Major Olímpio (PSL-SP), o deputado federal e pastor Marco Feliciano (Pode-SP) e o prefeito paulista, Bruno Covas (PSDB).

 

 

Por Ana Nery

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *