Movimento Supera Turismo Brasil busca valorizar agente de viagens

Movimento Supera Turismo Brasil busca valorizar agente de viagens

O protagonismo e proatividade do Movimento Supera Turismo Brasil, criado por voluntários no auge da pandemia, realizou nesta terça-feira, 11 de Agosto, Webinar com participação de entidades representativas da cadeia de distribuição do setor. Objetivo: aumentar a percepção de valor sobre os atores envolvidos. Condução do Webinar coube ao jornalista Luiz Henrique Miranda, da Agência Amigo.

Evento contou com a presença de Carlos Prado, cofundador da iniciativa e presidente do Conselho de Administração da Abracorp; Magda Nassar, presidente da Abav Nacional; Juarez Cintra Neto, presidente da Air Tkt; e Roberto Nedelciu, presidente da Braztoa. Iniciativa teve apoio técnico da Inteegra Tec.

Perguntas instigantes resultaram em respostas claras e objetivas, dadas por profissionais engajados na linha de frente das respetivas entidades no combate aos efeitos da Covid-19. Em comum, os participantes reiteraram que a crise sem precedentes suscita humanização do atendimento e uso da tecnologia para garantir distanciamento e segurança sanitária.

Carlos Prado discorreu sobre o papel imprescindível do agente de viagens, o elo humanizador capaz de desmanchar dúvidas e medos do viajante. E, com isso, contribuir para destravar a decisão de viajar. “A crise não sufocou o desejo de viajar. Apenas adiou planos e agendas. Portanto, nosso papel, mais do que antes, é o de consultor credenciado, munido de informações confiáveis para tranquilizar o viajante. A qualidade dos nossos serviços tende a melhorar”, salienta Prado.

Magda Nassar falou sobre a influência positiva da Abav na criação de medidas governamentais. “A crise mostra o valor do agente de viagens. Criamos um e-book. E estamos lutando para corrigir as distorções da lei de Responsabilidade Solidária”. A dirigente acrescenta a realização do Abav Collab, evento híbrido, que se inicia em 27 de setembro, Dia Mundial do Turismo.

Roberto Nedelciu exalta a iniciativa do Movimento Supera Turismo Brasil, que consegue trazer a atividade turística para o centro das discussões sobre saúde pública, protocolos e medidas necessárias para uma retomada segura. “A Braztoa teve e tem um papel relevante no processo de repatriação de pessoas retidas em outros países. Atuamos junto ao ministério do Turismo e ao Itamaraty, com ótimos resultados. O fato é que a pandemia fortaleceu a união entre as entidades do turismo”, ressalta.

Juarez Cintra lembra que esse é o momento propício para se mostrar o valor do agente de viagens, muitas vezes subestimado por conta de leituras equivocadas do verdadeiro papel desse profissional. “Atendimento humanizado – eis o grande momento do Agente de Viagens. Seu papel, na crise, é insubstituível. Exemplo disso é a luta dos profissionais para garantir reembolsos aos viajantes. O agente de viagens sai fortalecido. E muito mais motivado para se aprimorar”, sustenta Juarez Cintra.

Enquanto a transposição de fronteiras internacionais ainda é cercada de restrições e incertezas, os participantes manifestaram a crença de que o caminho da retomada se inicia pelo turismo doméstico. Porém, a retomada das viagens internacionais se dará, de forma paulatina, no ritmo da reabertura das fronteiras, da superação do medo dos viajantes e do reagendamento das viagens em âmbito empresarial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RSS
Follow by Email
Facebook20