Visite Bertioga reitera apoio à decisão do Condesb

Visite Bertioga reitera apoio à decisão do Condesb

No último dia 22 de dezembro, o Comitê de Contingência da Covid-19 do governo estadual anunciou que todo o estado de São Paulo entraria, temporariamente (25, 26 e 27 de dezembro e 1, 2 e 3 de janeiro), na fase vermelha do Plano São Paulo.

Prontamente, os prefeitos de Bertioga, Cubatão, Guarujá, Itanhaém, Mongaguá, Peruíbe, Praia Grande, Santos e São Vicente, reunidos no Conselho de Desenvolvimento da Baixada Santista, acertadamente, atenderam os apelos justificados da população ao manterem as restrições estabelecidas pela fase amarela do Plano São Paulo, vigente até então.

Responsavelmente, os prefeitos do Condesb definiram implantar barreiras sanitárias na entrada dos municípios, para evitar o acesso de vans e ônibus de turismo nos finais de semana; pleitearam ao governo do estado o cancelamento da Operação Descida, no Sistema Anchieta-Imigrantes, visando desestimular a demanda; e, ainda, solicitaram aumento do efetivo da Polícia Militar e apoio da Polícia Rodoviária para bloqueio das praias nos dias 31 de dezembro e 1º de janeiro, além de reforçarem campanhas para que todos usem máscara, higienizem as mãos e pratiquem o distanciamento social.

Em nome dos associados do Visite Bertioga, com o apoio das entidades representativas da sociedade civil organizada em âmbito regional, reiteramos nosso irrestrito apoio à decisão do Condesb. Afinal, hotéis, restaurantes, bares, barracas e demais comerciantes locais já haviam se planejado, com a antecedência devida, para atender a demanda turística prevista para o Natal e Réveillon – inclusive com o abastecimento dos estoques. Ou seja: caso fossem implementadas todas as restrições da fase vermelha, inevitáveis demissões e insolvências agravariam os enormes prejuízos acumulados ao longo dos últimos oito meses pelas sociedades que dependem do turismo como vetor de desenvolvimento.

Que o bom-senso prevaleça, aliado à políticas públicas bem planejadas e executadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RSS
Follow by Email
Facebook20