Como os chatbots podem facilitar os atendimentos nas empresas

Como os chatbots podem facilitar os atendimentos nas empresas

 

Otimização de tempo e recurso estão entre as vantagens; especialista em T.I explica o processo de implantação dos bots

A atuação dos robôs no atendimento ao cliente ainda é considerada um tabu para muitas pessoas, devido às más impressões, como o relacionamento frio e impessoal, além da falta de assertividade nos assuntos. Porém, esses obstáculos podem ser derrubados levando em consideração os benefícios que os chatbots trazem para o dia a dia na relação entre consumidor e empresa, de acordo com a Ubots, startup gaúcha especializada em desenvolver soluções de relacionamento digital.

Abaixo, o CEO da startup, Rafael Souza, destaca quatro pontos positivos na utilização dos robôs virtuais:

  • Disponibilidade 24/ 7 nos atendimentos;
  • Agilidade nos processos por realizar interações simultâneas;
  • Reduz o tempo das filas de espera;
  • Controle sobre os dados dos atendimentos para possíveis melhorias nos processos.

Melhorar os bots de acordo com as necessidades dos clientes, saber os canais em que mais atua e inteirar-se da economia de recursos, também estão inclusos no leque de vantagens”, completa Souza.

 

Processo de implantação do chatbot

A introdução dos robôs acontece a partir da identificação do problema da empresa, no qual será resolvido com a tecnologia. Após a primeira etapa, o chatbot será desenhado de acordo com a finalidade desejada. Vale ressaltar que entender quais serão os públicos-alvo que irão interagir com os bots, além dos canais mais utilizados por eles.

“Entre as principais dúvidas das empresas referente a utilização do chatbot, estão: a qualidade dos robôs virtuais, retenção e assertividade, esforço necessário para criar e manter um chatbot, curadoria e o estilo de chatbot – se é pergunta e resposta, botão ou conversação fluida, por exemplo”, explica o CEO da startup.

O chatbot Ben, desenvolvido pela Ubots, que atua desde 2016 nos atendimentos no Facebook Messenger da rede de farmácias Panvel, é um case de sucesso no relacionamento com os clientes da marca, suas principais atividades são:  auxílio no processo de compra de produtos, histórico de pedidos e, também, pela busca de produtos. Até o momento, o robô virtual já impactou mais de meio milhão de pessoas.

De acordo com um levantamento da Mobile Time, em 2020, 64% dos chatbots foram utilizados no atendimento ao cliente, 8% para vendas, 7% na cobrança e apoio ao back-office, 5% no marketing, os 9% restantes foram aplicados em outros serviços, respectivamente.

 

Sobre Ubots

Fundada em 2016, a Ubots surgiu da vontade de utilizar a tecnologia para facilitar a comunicação de grandes empresas com seus clientes. Para otimizar esse resultado, a Ubots utiliza plataforma própria desenhada para cenários de atendimentos, tanto para uso de agentes humanos, chatbots ou atendimento híbrido, quanto utiliza inteligência artificial. De origem gaúcha, a startup possui clientes no Brasil, Peru, Chile e já participou de programas de aceleração, como: Scale Up Endeavor, BNDES Garagem, StartOut Brasil, WesterWelle Foundation, Cubo do Itaú, entre outros. Mais informações no www.ubots.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *