Amazon abre salão de beleza!

Amazon abre salão de beleza!

Já viu essa novidade? É isso mesmo, a gigante Amazon – aquela empresa que você conhece por ter vídeo, vender livro e equipamentos eletrônicos, agora também está no mercado da beleza.

 

Foi anunciado essa semana que a Amazon abriu em Londres, no Reino Unido, seu primeiro Salão de Beleza – o “Amazon Salon”.

 

Mas calma, ela não veio para “dominar” o mercado e sair abrindo salão em qualquer lugar do mundo! A proposta deste salão é ser um laboratório para que a empresa teste as novas tecnologias no setor.

 

Por exemplo: Ao entrar no salão, o cliente encontrará um tablet e, através da tecnologia de realidade aumentada (AR – sigla em inglês), poderá ver uma prévia da coloração que quer no seu cabelo.

 

Outra tecnologia que já está no salão é a chamada “apontar e aprender”, onde o cliente aponta para um produto e as informações sobre aquele produto serão apresentadas em uma tela na sua frente.

 

E qual a relação disso com o nosso dia a dia?

 

Primeiro – se uma empresa gigante no mundo como a Amazon está testando novas tecnologias voltadas ao mercado da beleza, mostra que as expectativas de crescimento e desenvolvimento do mercado são grandes. Nenhuma empresa investe em um mercado falido. Assim, vemos que existe sim, oportunidade de crescimento para qualquer profissional da área da beleza que queira – de forma séria e profissional – crescer.

 

Segundo – a Amazon está com esse projeto pois a preocupação é com a experiência do cliente. Isso mesmo, ela quer entender o comportamento do cliente, qual será a experiência dele dentro do salão para assim poder entregar o melhor produto ou serviço.

 

Esse projeto da Amazon é apenas um laboratório. Um espaço de 457m2 de espaço em dois andares. Nessa primeira fase apenas os funcionários da Amazon poderão usufruir dos serviços. Apenas na segunda fase de funcionamento, a Amazon irá abrir para o público.

 

E toda vez que a tecnologia invade um novo mercado a primeira preocupação do profissional é ser substituído pela máquina. Talvez por trauma da era industrial, quando a máquina entrou na indústria e tomou o lugar do profissional despreparado.

 

Não se assuste, isso não irá acontecer no mercado da beleza. Tanto que a própria Amazon fez parceria com a hair stylist Elena Lavagni, muito conhecida no Reino Unido.

 

O que realmente precisamos observar nesse fato é a importância de analisar o comportamento e a experiência de nosso cliente. Você, profissional da área da beleza ou gestor de uma empresa na área, observe, analise qual é o comportamento do seu consumidor nesse momento. Quais são as reais necessidades e expectativas dele.

 

Apenas com essa observação é que podemos proporcionar a melhor experiência possível. Cortar o cabelo, o consumidor pode cortar em qualquer lugar, mas ter uma experiência única, só você pode proporcionar!

 

Quer mais dicas? Me siga no Instagram @giovanaquini.oficial e se inscreva no meu canal do Youtube, pois todos os dias eu publico conteúdo com dicas importantes para a área.

 

 

 

Profa. Ms. Giovana Quini

Especialista em Empreendedorismo Feminino

Mentora, Coach e Palestrante.

Professora Universitária na área de Administração de Empresas

www.giovanaquini.com.br

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *