Inscrições Para O 2º Festival De Teatro Online Terminam Em 11 De Julho

Inscrições Para O 2º Festival De Teatro Online Terminam Em 11 De Julho

A abertura do festival está marcada para o dia 24 de julho

Termina no dia 11 de julho as inscrições para o 2º Festival de Teatro Online em Tempo Real do Rio de Janeiro, realizado pela Cia Banquete Cultural. O objetivo é promover o desenvolvimento das artes cênicas no Brasil com o uso de novas tecnologias para exibição online, em tempo real ou gravadas virtualmente, além de reconhecer o trabalho dos artistas que contribuem para mitigar os impactos emocionais causados pela pandemia da covid-19 na população, em função do isolamento social para impedir a disseminação do vírus.

Serão selecionados pela curadoria da Cia Banquete Cultural e pelo júri técnico 12 trabalhos, sendo quatro de drama, quatro de comédia e quatro esquetes, categoria que foi inserida no festival neste ano. Foi ampliada também a abrangência do festival para artistas e grupos, independente da nacionalidade, desde que apresentem online seus trabalhos em língua portuguesa.

No ano passado, dentre os mais de 200 inscritos, saíram premiados os experimentos Cardinal Pandas, era uma vez em Frankfurt, na categoria drama, e As desventuras do Capitão Rabeca, na categoria comédia.

Segundo o curador do festival e responsável pela Cia Banquete Cultural, Jean Mendonça, no dia 24 de julho será a abertura do festival, às 18h, no canal da companhia no Youtube. Será exibido na oportunidade o experimento gravado O Homem da Noite Eterna, de Marco Miranda, com Elton Lellis e Jean Mendonça. “Será, inclusive, como um norte para as pessoas que estão se preparando para apresentações nas semanas seguintes. A gente pede que os inscritos assistam para terem uma noção do que poderia ser esse trabalho online”.

No dia 25, após nova exibição da peça, serão anunciados os 12 selecionados do festival.

Apresentações

As apresentações serão divididas em duas etapas. A primeira será ao vivo, para o público, na plataforma Zoom, nos dias 31 de julho e 1º de agosto e 7 e 8 de agosto. “No máximo 100 pessoas vão poder assistir ao vivo as apresentações desses experimentos drama e comédia, que podem ter de 20 a 60 minutos de duração”. A transmissão da comédia ao vivo será iniciada às 18h e a do drama, às 19h30.

A participação do público que solicitar o link pelo e-mail banqueteculturalproducoes@gmail.com será gratuita. Ao final das apresentações, o júri técnico baterá um papo com o elenco das peças.

A segunda etapa do festival será online, porque o que for apresentado na primeira fase ao vivo será gravado e exibido no canal do Youtube da Cia Banquete Cultural, para que o público em geral e não só os convidados da primeira fase possam assistir. As apresentações obedecerão os mesmos horários: 18h, comédia; 19h30, drama. Todas as apresentações ao vivo pelos 12 grupos classificados serão disponibilizadas nos dias 14 e 15, 21 e 22 de agosto. Nessa etapa, o júri popular poderá curtir e comentar os trabalhos de que mais gostar.

“Isso entra para a pontuação final do festival. A gente vai tirar uma média da curtição do júri popular com a nota do júri técnico e, com isso, a gente elege os vencedores, que serão anunciados em uma live no dia 28 de agosto, sendo um de cada categoria”. Serão anunciados os melhores espetáculos de drama, de comédia e esquete. No dia 29, haverá reprise das peças dos três ganhadores.

Premiação

Além de certificado digital de primeiro colocado, os vencedores receberão também um prêmio em dinheiro no valor de R$ 600, reforçando a necessidade do auxílio emergencial. Jean Mendonça salientou que os trabalhos ganhadores poderão ser vistos durante uma temporada virtual, na página da Cia Banquete Cultural no Youtube, após a premiação, abrindo a possibilidade de o público participar com um ingresso solidário, espécie de “vaquinha” (coleta de dinheiro), como contribuição para o trabalho dos artistas. O dinheiro angariado será revertido para os ganhadores.

De acordo com o curador, a experiência do primeiro festival foi bem interessante porque conseguiu mostrar trabalhos inovadores de regiões do interior do país. Enquanto um dos grupos vencedores reuniu artistas já conhecidos do público, inscrito em São Paulo, o outro ganhador foi do município de Crato (CE). “Foi uma grande surpresa para a gente ver uma cidadezinha como Crato, do interior do Ceará, vencendo um festival junto com outro time de São Paulo. O festival tem essa democracia. Achei isso muito interessante”, disse o curador.

Agência Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *