Espetáculo Verga, da Camaleão Grupo de Dança, abre programação da Mostra Horizontes Urbanos

Espetáculo Verga, da Camaleão Grupo de Dança, abre programação da Mostra Horizontes Urbanos

Criada para ser apresentada em ambientes diversos, a versão que integra a programação do Horizontes Urbanos tem como cenário a sede da Ceasa Minas, propondo uma experiência diversa para o público e para os bailarinos.

Com 37 anos de atividades, colecionando vários prêmios e dezenas de espetáculos no currículo, o Camaleão Grupo de Dança foi o escolhido para abrir oficialmente a programação da Mostra Internacional de Dança, Horizontes Urbanos, que terá início nesta quarta(14) e segue até domingo(18). Esta edição, realizada em formato totalmente digital, apresenta o tema “A noite de cada um”, propondo aos artistas a interação com a cidade durante o período noturno. Por conta disso, as transmissões dos espetáculos e bate-papos que integram a programação do Horizontes Urbanos estão previstas para começar sempre às 23h, avançando pela madrugada.

A primeira montagem exibida nesta edição da mostra será VERGA, um dos mais novos espetáculos do Camaleão Grupo de Dança. A apresentação que faz parte da programação foi gravada na CeasaMinas especialmente a mostra. VERGA é primeiro espetáculo construído apenas por membros da equipe, sem um coreógrafo convidado, uma assinatura do grupo. O resultado visto em cena surgiu através de um processo de criação coletiva dos bailarinos Índio Oliveira, Sara Marchezini, Dewson Mascote, Luciana Lanza e Samuel Samways e a diretora artística do grupo, Inês Amaral, que assina, também, a direção coreográfica e artística da obra.

A concepção deste trabalho  transita entre a resistência e a liberdade como possíveis formas de reação às relações de poder. Não somente como oposição, mas como uma maneira de pensar e agir através do autoconhecimento, onde resistir não significa apenas reagir, mas, também, criar. Para discutir essas questões o grupo se apoia nas linguagens que vem investigando, principalmente na capoeira. Há 6 anos o elenco desenvolve um intenso trabalho de pesquisa sob a condução do Mestre Agostinho, do Grupo Ginga – BH.

A fundadora e diretora geral da companhia, Marjorie Quast, destaca “estamos apresentando um trabalho que é fruto de uma pesquisa que vem sendo trabalhada coletivamente já há algum tempo. Nós sempre trabalhamos com coreógrafos convidados, o que é bastante importante em nossa missão de transitar em vários locais diferentes. Mas, acompanhar a nossa evolução, nossa história, e perceber que hoje somos capazes de elaborar e construir nossas pesquisas para criar nossas produções de forma independente, nos enche de orgulho!”, conta Quast.

Atualmente o grupo conta com direção geral de Marjorie Quast e direção artística de Inês Amaral, que em alguns projetos também atua como bailarina. A rotina do Camaleão inclui aulas de preparo e prevenção, ministradas pela profissional da Academia FIVE, Laura Malheiros, capoeira regional com Mestre Agostinho do Grupo Ginga e  Pilates com a fisioterapeuta Clara Lodi. Além disso, o Camaleão Grupo de Dança segue na pesquisa de dança contemporânea através da técnica Continuum (Omar Carrum – ME), conduzida pela Diretora Artística Inês Amaral que hoje faz parte da rede de professores dessa técnica.

Durante o período de isolamento sócia, o grupo vem trabalhando intensivamente em diversos projetos, sendo que serão lançados em breve.

 

Ficha técnica VERGA:

Direção Geral: Marjorie Quast

Direção Artística e Coreográfica: Inês Amaral

Interpretes: Eliatrice Gischewski, Fabio Costa, Glaydson Oliveira, Luciana Lanza, Samuel Samways.

Figurinos: Camaleão Grupo de Dança

Edição e Finalização da Trilha Sonora: Glaydson Oliveira

Produção e Realização: Núcleo Artístico e Camaleão Grupo de Dança

Classificação indicativa: Livre

Teaser(gravado antes da pandemia): https://www.youtube.com/watch?v=6WxFeZ1uOQg

 

Sobre o Camaleão Grupo de Dança

@camaleaogrupodedanca / www.facebook.com/camaleaogrupodedanca

 

O CAMALEÃO GRUPO DE DANÇA tem 37 anos de história e é um patrimônio histórico e cultural de Minas Gerais. O Grupo tem em seu repertório 17 montagens assinadas por 13 destacados profissionais nacionais e internacionais, entre eles Omar Carrum, Vladimir Rodriguez, Jorge Garcia, Mário Nascimento, Luís Arrieta, Tindaro Silvano, Carlota Portela e Tuca Pinheiro. Em parceria com a escola NÚCLEO ARTÍSTICO (fundada em Belo Horizonte em 1978), criam, incentivam, e divulgam a dança, cumprindo com o seu compromisso social de educadores e difusores culturais, se tornando o berço de renomados artistas nacionais. Como parte desse compromisso desenvolve também um projeto social de formação em dança que atende mais de 200 jovens e crianças de comunidades carentes. É uma companhia de grande importância para o país, por seu aspecto plural: da formação consistente em dança com a realização de espetáculos de estilos variados, a produção de obras com renomados artistas. O CAMALEÃO transforma o pensamento e a dança investindo em novas possibilidades de pesquisa e criação, aprimorando constantemente a qualidade de suas produções, somando mais de 50 prêmios ao longo desses anos.

 

::SERVIÇO:: 

Camaleão Grupo de Dança apresenta VERGA na mostra Horizontes Urbanos

Após apresentação, será a vez de “Câmera-Homem”, com o Grupo de Dança 1º ato. Ao final das apresentações, os artistas participam de um fórum de debate, com a participação/provocação do bailarino, professor e pesquisador Alberto Alvarenga.

Data: 14/07 – quarta-feira

Horário: 23h

Transmissão: https://www.youtube.com/channel/UCNvbx_1ZgJwx_Mt_l0pYGTw

Gratuito

 

Haverá reprise da exibição no dia 15/05(quinta-feira), às 05h, no YouTube da mostrahttps://www.youtube.com/channel/UCNvbx_1ZgJwx_Mt_l0pYGTw

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *