Legados de uma vida na UMC

Legados de uma vida na UMC

Neste Dia dos Pais, comemorado em 8 de agosto, a UMC faz uma homenagem a pais que fizeram e fazem parte de sua história

Ser pai é ter nas mãos uma das missões mais nobres do mundo: educar um filho. A data será comemorada no próximo domingo, 8 de agosto, e a UMC homenageia a todos os pais por meio de duas histórias inspiradoras: do professor e coordenador de Medicina, Henrique Naufel, e do ex-aluno Emerson Vasques Melo.

Naufel tem uma relação de amor com a UMC, onde estudou Medicina, conheceu sua esposa e formou seus três filhos, Daniel, Pedro e Lucas, médicos.  Ele é professor na Universidade desde 1985 e Coordenador do curso de Medicina há 11 anos. “Quando tinha 17 anos prestei vestibular para Medicina em algumas universidades e escolhi a UMC. Vim morar em Mogi das Cruzes e me adaptei muito bem à cidade, que ainda era interiorana. Minha vida era dentro da universidade. Logo, me identifiquei com a disciplina de anatomia e me tornei monitor da disciplina e assim permaneci por quatro anos. Em 1979 conheci minha futura esposa, Ana Cristina, que na época cursava Biologia. O pai dela era pediatra e professor titular de Pediatria da UMC, Dr. Onofre Zambuzzi”, conta o professor.

Anos mais tarde, em 1984, já formado, Naufel se casou e teve três meninos, todos se formaram médicos pela UMC. “Aos pais cabe a educação. Poucos têm o prazer de participar diretamente da formação acadêmica de seus filhos, como eu tive. Isso me trouxe a deliciosa sensação de dever cumprido”, conta com emoção.

A UMC faz parte da família Naufel, que segundo o professor tem o gene do jacaré, animal símbolo da Medicina. “Eu fico muito feliz por terem escolhido fazer pediatria como eu e o avô materno. Talvez a UMC seja o fato mais importante de nossas vidas. Aqui me formei, conheci minha esposa e formei meus filhos na mesma profissão que a minha. Isso é uma alegria”, finaliza.

Homenagem

Um dos filhos do professor Naufel, Daniel, que também dá aulas na UMC, falou da relação com o pai. “Meu pai, meu grande mestre, dentro e fora da sala de aula. Ele sempre foi nosso maior exemplo na vida. Suas condutas no dia a dia, sua retidão de caráter, sua honestidade, sua sensibilidade para com o próximo e seu modo correto e justo de agir a todo tempo, sempre nos orgulhou e nos serviu de exemplo em todos os campos de nossas vidas. Tive o privilégio de ter sido seu aluno, enquanto ainda aluno da Faculdade de Medicina da UMC, bem como a honra de poder trabalhar ao seu lado e sob seus contínuos ensinamentos, seja na prática pediátrica diária bem como ao seu lado, como professor da Faculdade de Medicina da UMC”, diz.

Para Pedro, o pai é seu ídolo e referência. “Ter os três filhos seguindo seus passos na pediatria não foi uma imposição e muito menos coincidência. É apenas reflexo do exemplo que ele sempre nos deu. O resultado não poderia ser outro”, destaca.

Lucas também aproveitou para deixar sua homenagem a Naufel. “Pai, você é meu exemplo de vida. Desejo que eu possa ser para o meu filho o que você é pra mim: um grande amigo, professor, conselheiro, colega de profissão, atleta. Obrigado por tudo que você representa de inspiração e amor na minha vida”.

 

Tal pai, tal filho

Assim como a história do coordenador Naufel, outras centenas de histórias entre pais e filhos têm a UMC como cenário. É o caso do dentista Emerson Vasques Melo, que se inspirou na figura paterna na hora de escolher a profissão. “Meu pai é formado em Odontologia pela UMC há 46 anos. “Ele veio para Mogi fazer o curso e morava no Tiro de Guerra. Foi com muita dedicação e trabalho que ele conquistou seu diploma,”, relata o filho.

Os desafios enfrentados pelo pai, Bento de Almeida Melo, serviram de inspiração para Emerson, que também se formou em Odontologia na UMC. “Eu comecei a estudar em uma universidade em Guarulhos, mas quis pedir transferência e me formar onde meu pai conquistou seu diploma. Eu sempre me imaginei fazendo o mesmo tipo de trabalho que ele”, ressalta.

Emerson reconhece que a universidade foi muito importante na vida deles, formando duas gerações e sendo referência profissional. “A UMC é uma instituição exemplar, ela foi tudo de bom para nós”, complementa Emerson.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *