Argentina estima aumento de 15% no número turistas de cruzeiros em 2023

Argentina estima aumento de 15% no número turistas de cruzeiros em 2023

Novidade do segmento de turismo náutico foi anunciada pela INPROTUR na feira WTM Latin America 

 O INPROTUR – Instituto Nacional de Promoção Turística da Argentina confirmou durante a realização da WTM Latin América, em São Paulo (SP), que seis companhias de cruzeiros já estão planejando seus roteiros entre entre Brasil e Argentina para a próxima temporada entre o período de outubro de 2022 a abril de 2023.

Os representantes do turismo argentino esperam aumento de 15% no número de visitantes, principalmente brasileiros, a bordo de navios de grande capacidade. A temporada de cruzeiros entre Brasil e Argentina terá 170 dias ao todo.

Durante a feira, o Secretário Executivo do INPROTUR, Ricardo Sosa, se encontrou com o CEO da International Association of Cruise Lines (CLIA), Marco Ferraz, para mapear o segmento e ver a situação atual dos navios de cruzeiro para a temporada de altas temperaturas. Na reunião, os representantes da CLIA confirmaram que o aumento do número de turistas ocorre com base na programação de navios maiores e que estarão trabalhando por mais tempo.

”Isto é um sinal do interesse que existe no nosso país e dos avanços registados na recuperação do turismo receptivo. Deve-se levar em consideração que na pré-pandemia a América do Sul representava apenas 2% de todos os navios de cruzeiro do mundo, portanto temos grande potencial de crescimento”.

”Com a CLIA, temos como meta de trabalho ter 93 novos navios até 2027, onde vamos trabalhar no desenvolvimento de novos destinos, ter navios todo o ano e gerir um maior número de noites de estadia”, explicou Ricardo Sosa, que estava acompanhado pelo Diretor de Promoção, Hernán Vanoli.

A Argentina tem como principal porto para cruzeiros marítimos o de Buenos Aires, mas navios também têm destinos como Rosário e Ushuaia.

Desde a abertura das fronteiras, em outubro de 2021, até o presente, a Argentina recebeu mais de 400.000 turistas brasileiros, o que significa um aumento de 25% em relação às mesmas datas da pré-pandemia”.

As autoridades argentinas também se reuniram com companhias aéreas como Gol, Ethiopian Airlines, Qatar Airways, LATAM, Azul, e com empresas como CVC, Decolar, Braztoa, entre outras.

O espaço da Argentina na WTM Latin America reúne mais de 30 expositores de diversos segmentos relacionados à cadeia produtiva do turismo. Os prestadores de serviços turísticos foram convocados pela Câmara Argentina de Turismo e têm seus espaços de encontro em busca de novos negócios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *