Cerca De 80% Dos Profissionais Envolvidos Na Construção Do Maior Parque Aquático De MG São Do Vetor Norte De BH

Cerca De 80% Dos Profissionais Envolvidos Na Construção Do Maior Parque Aquático De MG São Do Vetor Norte De BH

 

Situado às margens da rodovia MG-424, em São José da Lapa, Região Metropolitana de Belo Horizonte, o Aquabeat, que tem previsão de ser inaugurado em dezembro deste ano, já começa a tomar forma e figura como indutor econômico para as cidades ao redor

Um dos empreendimentos mais aguardados pela população de São José da Lapa já começa a tomar forma. Com mais de 40% das obras de construção concluídas, o Aquabeat, maior parque aquático de Minas Gerais, tem a previsão de ser inaugurado em dezembro deste ano junto com a maior piscina de ondas do Brasil e os atrativos que vão promover a diversão para toda a família.

DCIM100MEDIADJI_0623.JPG

O que antes era uma fazenda utilizada para extração de areia, está se tornando um complexo de lazer e entretenimento, que já começa a posicionar o município de São José da Lapa, distante apenas 28 km da capital mineira, como polo turístico nacional. E para que o empreendimento seja erguido, mais de 400 trabalhadores estão atuando nas mais diversas funções no canteiro de obras do Aquabeat, que já começa a entrar no clima tropical com o início da concretagem de algumas piscinas, quiosques, palmeiras e diversas árvores que, literalmente, vão oferecer sombra e água fresca quando o parque aquático estiver em operação.

De acordo com um dos sócios do empreendimento, Altivo de Melo, as empresas terceirizadas que estão trabalhando para a construção do Aquabeat priorizam a mão de obra local. “Desde que decidimos o local onde o parque aquático seria construído, percebemos o impacto positivo, econômico e social, que causaríamos. Até então, São José da Lapa era conhecida como uma cidade referência em calcinação e o que temos percebido com a nossa chegada é que a vocação econômica do município já está se diversificando e várias outras empresas da cadeia de comércio e serviços já estão sendo atraídas graças ao parque. Paralelo a isso, os nossos fornecedores e prestadores de serviços contratam majoritariamente profissionais que residem na região, que correspondem a 80% do total, o que contribui para a geração de empregos e o fomento da economia como um todo”, destaca o empreendedor.

A expectativa dos sócios do Aquabeat é que cerca de 500 mil turistas visitem o local por ano. “Muito mais que um local de entretenimento e lazer, o nosso parque aquático já é, de fato, um importante indutor econômico para São José da Lapa e região. Estamos trabalhando no sentido de atrair parcerias e fomentar negócios secundários que podem se beneficiar pelo fluxo de pessoas gerado pelo parque”, afirma Altivo de Melo.

O Aquabeat contará com a maior piscina de ondas do Brasil, um grande rio lento, toboáguas de adrenalina, tirolesa, boliche profissional, áreas infantis, quiosques, restaurantes, choperias e várias outras atrações. De acordo com o outro sócio do empreendimento, Tassar Neto, o local será um complexo de entretenimento inédito, diferente de tudo o que já foi visto em toda a região metropolitana de Belo Horizonte. “Cada detalhe está sendo muito bem pensado para proporcionar experiências inesquecíveis ao público. Além de todas as possibilidades de diversão, dentro e fora da água, toda a arquitetura interna e a cenografia do parque foi planejada para que as pessoas fiquem encantadas. Teremos dinossauros, escorregadores temáticos, esculturas de ícones dos desenhos animados e toboáguas para todos os gostos e níveis de coragem”, brinca o empresário, que salienta o cuidado que os engenheiros e arquitetos têm para garantir a segurança do público em todas as estruturas.

Veja a lista de atrativos do Aquabeat:

  • A maior piscina de ondas do Brasil;
  • Duas piscinas aquecidas;
  • Piscina de hidromassagem;
  • Rio lento;
  • Três áreas infantis;
  • Castelo de princesas;
  • Dois toboáguas de boia;
  • Cinco toboáguas sem boia de até 110m de comprimento;
  • Piscina maluca com obstáculos;
  • Bar molhado;
  • Duas estruturas de vestiários e quatro locais para armários;
  • Dez pontos de banheiros com quiosques tematizados;
  • Duas rampas de boias de 40m;
  • Salão de jogos;
  • Duas tirolesas;
  • Dois restaurantes;
  • Duas choperias;
  • Quinze quiosques de alimentação;
  • Diversas lojas de conveniência.

Prefeito aprova

Quando o anúncio do início da construção do Aquabeat foi realizado, o prefeito de São José da Lapa, Diego Álvaro dos Santos (Avante), se mostrou empolgado. “A cidade fica muito satisfeita por receber um empreendimento como o Aquabeat, que envolve turismo, lazer, desenvolvimento econômico e, acima de tudo, criação de emprego e renda para o nosso município. Estamos dentro da região calcária, que desenvolve atividades relacionadas aos segmentos cimenteiro e de calcinação e, junto a isso, aos serviços relacionados. Agora, passaremos a ser um polo turístico, a partir do indutor econômico que vai ser o Aquabeat, que não ficará restrito ao parque, mas impactará também na rede hoteleira, restaurantes e outros negócios que se beneficiem do turismo. E isso ajuda no crescimento da economia da cidade como um todo”, destacou o gestor municipal na ocasião em que a notícia da instalação do maior parque aquático de Minas Gerais foi divulgada.

Seja sócio

Para se tornar um Sócio Remido do Aquabeat Resort, basta entrar em contato pelo WhatsApp: (31) 99406 8018 ou pelo site www.aquabeat.com.br.

Aquabeat

Endereço: Rodovia MG-424, KM 18 – Capim Seco – São José da Lapa/MG

Site: www.aquabeat.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *