Deputado federal Alexis Fonteyne conhece programa Moeda Verde

Deputado federal Alexis Fonteyne conhece programa Moeda Verde

Parlamentar esteve na comunidade Maurício de Medeiros junto com a presidente do Fundo Social e o superintendente do Semasa

 A comunidade Maurício de Medeiros, localizada no bairro Cata Preta, recebeu nesta sexta-feira (11) mais uma edição do programa Moeda Verde. A ação foi acompanhada pela primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Ana Carolina Barreto Serra, e pelo superintendente do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), Gilvan Junior.

A agenda contou ainda com a presença do deputado federal por São Paulo, Alexis Fonteyne, que esteve na cidade para conhecer melhor algumas ações da administração andreense.

Desde que foi criado, em 2017, o programa Moeda Verde se tornou exemplo de iniciativa pública e tem atraído representantes de municípios e autoridades de todo o país. A comunidade Maurício de Medeiros é uma das 17 que integram o Moeda Verde, programa realizado pela Prefeitura, por meio do Banco de Alimentos, e pelo Semasa.

Durante o encontro, a primeira-dama e o superintendente da autarquia apresentaram ao parlamentar a logística que envolve o funcionamento do Moeda Verde e os resultados positivos que já foram alcançados com a iniciativa.

“Santo André continua sendo referência em políticas públicas de qualidade. O Moeda Verde segue melhorando a vida de moradores das nossas comunidades. Um exemplo seguido em vários locais. Sustentabilidade, cidadania, solidariedade, amor e carinho. Tudo junto e misturado num programa que enche os nossos corações de felicidade. Os desafios são grandes, mas juntos vamos vencê-los”, afirmou a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Ana Carolina Barreto Serra.

No Moeda Verde, a cada cinco quilos de resíduo reciclável que o morador da comunidade atendida leva até o ponto de troca, ele recebe um quilo de alimento do tipo hortifrúti, como frutas, legumes e verduras.

Premiado no ano passado como o segundo melhor programa do Brasil, pela Rede Política de Ação pela Sustentabilidade, a ação andreense também já ganhou destaque em rede de televisão internacional.

Desde o início das trocas, em 2017, já foram recolhidas mais de 576 toneladas de resíduos recicláveis e entregues mais de 115 toneladas de alimentos.

As trocas nos núcleos atendidos pelo programa ocorrem a cada 15 dias. “Ainda neste ano, quatro novas comunidades devem passar a integrar as ações e queremos chegar a 30 comunidades até 2024. O Moeda Verde é um exemplo de política pública sustentável que funciona e nos dá muito orgulho”, completa o superintendente do Semasa, Gilvan Junior.

| Texto: Paloma Alvarez

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *