OSESP FAZ NOVOS CONCERTOS DIGITAIS

OSESP FAZ NOVOS CONCERTOS DIGITAIS

Orquestra fará três apresentações inéditas nas próximas sextas-feiras do mês de abril, direto do palco da Sala São Paulo

A Osesp retorna ao palco da Sala São Paulo — ainda sem público presencial — com uma programação inédita às sextas-feiras. Os Concertos Digitais começam a partir desta semana e seguem até o fim do mês. As três apresentações são gratuitas e serão exibidas no canal do YouTube (youtube.com/videososesp), sempre às 20h30.

A primeira transmissão, no dia 16 de abril, tem Luis Otavio Santos no violino e na regência, e traz a Orquestra interpretando duas peças do período Barroco, em uma formação de madeiras, cordas, dois oboés, fagote e cravo. O concerto tem início com Abertura nº 1 em Dó maior, da primeira suíte orquestral de Johann Sebastian Bach — peça com forte influência francesa, principalmente de Jean-Baptiste de Lully. Na sequência, a primeira ópera-ballet de Jean-Philippe Rameau — sucessor de Lully —, Les Indes Galantes. Vista como exótica na França de 1735, o trabalho alcançou grande sucesso com a audiência parisiense, tendo sido interpretada pelo menos 320 vezes na Ópera de Paris entre o ano de sua estreia e 1773 .

Na próxima sexta-feira, 23 de abril, a Osesp estará sob regência de Neil Thomson e contará com a presença de dois solistas no palco: Soraya Landim, do naipe de Violinos da Orquestra, e o pianista Aleyson Scopel. No repertório, obras de Saint-Saëns, Mozart e Shostakovich. Seguindo com o maestro Thomson no pódio, no dia 30 de abril a Osesp interpreta a Sinfonia nº 5 de Tchaikovsky, uma das favoritas do público. Escrita em 1888 pelo compositor, ao longo de quatro meses de verão em sua casa de campo, a Quinta foi apresentada pela primeira vez em São Petersburgo, no mesmo ano.

Além dos Concertos Digitais, a programação de atividades on-line continua também nos canais da Osesp no Facebook (facebook.com/osesp/) e Instagram (instagram.com/osesp_/).

Na série Semibreve, o tenor Rúben Araújo é quem responderá a perguntas feitas pelos seguidores — o vídeo será publicado na quinta, 16 de abril. Nascido em 1967 no Rio Grande do Norte, Rúben é tenor do Coro da Osesp desde 2003. Além de sua atuação na música, Rúben é também médico (neurologista clínico) e está na linha de frente do combate à Covid-19. Ele também foi essencial na criação dos protocolos de segurança utilizados pelos cantores em ensaios e concertos.

Na quinta, 15 de abril, a Osesp disponibiliza em seu site (http://osesp.art.br/ensaios.aspx) o ensaio O Violoncelo do Villa, escrito por Fábio Zanon, reconhecido violonista brasileiro, professor da Royal Academy of Music em Londres e, desde 2013, Coordenador Artístico e Pedagógico do Festival de Inverno de Campos do Jordão.

Acompanhe a Osesp nas mídias sociais: YouTube (youtube.com/videososesp), Facebook (facebook.com/osesp/), Instagram (instagram.com/osesp_/), Twitter (twitter.com/osesp) e TikTok (https://www.tiktok.com/osesp).

CONCERTOS DIGITAIS OSESP | PROGRAMAÇÃO DE ABRIL 

16.4 SEXTA 20H30

Osesp 

Luis Otavio Santos regente e violino

BACH | Abertura nº 1 em Dó maior 

RAMEAU | Les Indes Galantes: Excertos 

23.4 SEXTA 20H30

Osesp 

Neil Thomson regente

Soraya Landim violino

Aleyson Scopel piano

SAINT-SAËNS | Romance em Dó maior, Op. 48 

MOZART | Sinfonia nº 31 em Ré maior – Paris

SHOSTAKOVICH | Concerto nº 2 para Piano, Op. 102 

30.4 SEXTA 20H30

Osesp 

Neil Thomson regente

TCHAIKOVSKY | Sinfonia nº 5 em mi menor, Op. 64

A Osesp e a Sala São Paulo são equipamentos do Governo do Estado de São Paulo, por intermédio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, gerenciadas pela Fundação Osesp, Organização Social da Cultura.

Fonte: www.cultura.sp.gov.br