Pesquisa Abracorp revela definição crescente para viajar

Pesquisa Abracorp revela definição crescente para viajar

Sondagem feita pela Associação Brasileira de Agências de Viagens Corporativas (Abracorp) avaliou a percepção do cliente das TMCs associadas em relação ao retorno das viagens. Foi baseada em amostra com 100 empresas representativas dos diferentes ramos e portes das corporações atendidas pelas TMCs no país.
No horizonte, o cenário enseja flexibilização com restrições já incorporadas ao novo normal. E devidamente pautadas pelos protocolos biossanitários. Pesquisa dá conta de que 51% dos respondentes tendem à definição para viajar. Outros 29% já flexibilizaram disposição para viagens. Expectativa: com o avanço da vacinação, mais e mais viagens poderão ser retomadas.
No que tange à flexibilização para viagens internacionais, indefinição alcança 73% das empresas entrevistadas. No entanto, as perspectivas podem mudar. Em que cenário? Naquele em que as fronteiras sejam abertas como consequência do avanço da vacinação.
No campo dos eventos corporativos, estimativa de 40% das empresas aponta para retomada, em 2021, nos níveis próximos àqueles registrados em 2019. Percentual é similar quando a pergunta recai sobre eventos em 2022.
Quanto a pedidos de orçamento para viagens, em 2021, indefinição paira para apenas 33% dos respondentes. Para 2022, embora indefinição ainda seja elevada, há uma atenuante desejável e plausível: o avanço da vacinação e a redução dos riscos de contágio podem estimular o retorno das viagens.
Em relação à política de viagens, 64% das empresas fizeram ajustes em sua política de viagens. Entretanto, cabe ressaltar que itens relacionados a preço têm relevância calculada em 29,5%. Por outro lado, segurança em protocolos tem maior relevância mensurada em 58,8%.
Marily Miranda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *