Quais As Melhores Métricas De Redes Sociais Para Você Acompanhar?

Quais As Melhores Métricas De Redes Sociais Para Você Acompanhar?

As métricas nas redes sociais são números que ajudam a avaliar o desempenho de suas ações baseado no comportamento dos usuários. Elas […]

As métricas nas redes sociais são números que ajudam a avaliar o desempenho de suas ações baseado no comportamento dos usuários. Elas são importantes ao permitirem que você corrija ações que não tenham o desempenho esperado, além de priorizar as redes que têm melhor sucesso. Em qualquer estratégia de marketing digital, analisar os resultados é essencial para evoluir. Porém, quais são as métricas que mais vale a pena ficar de olho?

É isso que você verá neste post. Continue lendo até o final e conheça as principais métricas de redes sociais para acompanhar e qual é o impacto de cada uma delas do ponto de vista do e-commerce.

Alcance orgânico

Em praticamente todas as mídias sociais, você tem a opção de impulsionar ou não as publicações. Ou seja, pagar para que os posts sejam vistos por mais pessoas. Portanto, uma métrica crucial é o alcance orgânico, que mede o volume de usuários que foi impactado pelo post naturalmente. É uma das métricas mais diretamente relacionadas com o algoritmo do Facebook, o algoritmo do Instagram ou qualquer outro.

A regra geral para ter um bom resultado é criar posts valiosos e “compartilháveis”, de modo que o alcance orgânico seja ainda mais positivo. É importante deixar claro que essa métrica vem diminuindo ao longo do tempo, por uma tendência mais geral do Facebook. Com tantas páginas e tanta competição, é mais difícil se destacar. A própria rede está focando em priorizar conteúdo próximo ao usuário, o que significa que os posts precisam ser espetaculares.

Engajamento

Possivelmente, o engajamento é uma das principais métricas das redes sociais, já que o objetivo é gerar interações com o público. Você pode calcular essa taxa comparando o número de interações, como curtidas, comentários e compartilhamentos em relação ao volume total de impressões.

Também pode ser interessante destrinchar um pouco mais essa taxa, já que compartilhamentos e comentários tendem a ser mais valiosos do que curtidas. Porém, nesse caso, tudo depende da estratégia da sua empresa. Normalmente, é uma métrica mais focada no branding.

Existe uma “submétrica” dentro do engajamento que é o sentimento. Com ela, você foca na qualidade das interações, especialmente os comentários. Descobrir se esses são positivos ou negativos ajuda muito a entender se a empresa está alinhada com o público-alvo.

Taxa de clique, interações e tráfego de acesso

Semelhante à métrica anterior, a taxa de clique determina o volume de pessoas que interagiu com o seu conteúdo clicando nele, em comparação ao todo. É mais usada para estratégias de marketing de conteúdo ou para vendas diretas, em que o post nas redes sociais é usado para redirecionar o público.

Já as interações não são uma taxa, mas sim um volume em geral. É sempre importante acompanhá-las em conjunto, pois pode ser que uma caia enquanto a outra sobe. Por exemplo, se o volume de interações sobe muito, mas a taxa se mantém, o que isso significa?

Outra métrica de volume, o tráfego de acesso é ligado à taxa de cliques. Ou seja, é a quantidade de pessoas que parte das redes para o seu blog ou site.

Taxa de rejeição

Uma métrica importantíssima, pois mostra o que está de errado com o seu conteúdo. É calculada de acordo com as sessões em uma página que não tiveram nenhuma interação e foram fechadas rapidamente. Além disso, também mede o volume de curtidas negativas, denúncias de spam ou bloqueios. É interessante comparar essa métrica com diversos conteúdos diferentes, de modo a excluir aquilo que o público não gosta ou não se interessa tanto. Evidentemente, quanto menor ela estiver melhor.

Conversões

A conversão é a métrica que mede o momento final. No caso de um e-commerce, geralmente, é a venda do produto. Porém, também pode ser a geração de leads, assinatura de newsletter ou qualquer outra. Isso depende da estratégia do seu negócio.

ROI

ROI é o famoso Retorno sobre o Investimento, do inglês Return on Investment. É uma métrica que indica o quanto de retorno determinada ação trouxe para sua empresa, comparada com o dinheiro investido. Por exemplo, se você investe R$ 100 no Facebook Ads e gera R$ 1000 de venda seu ROI é muito positivo.

Analisando métricas em redes sociais do jeito certo

Essas estão entre as principais métricas de redes sociais para qualquer e-commerce. Mas, como analisá-las corretamente? Primeiramente, como você deve ter percebido, elas têm muito em comum. Elas se complementam muito bem, o que significa que dificilmente vale a pena observar métricas de forma isolada.

Por exemplo, uma boa taxa de engajamento é ótima, mas é preciso contextualizar de acordo com o volume de pessoas atingidas e quais dessas interações, de fato, geram conversões. Além disso, o que é uma boa taxa de engajamento?

Essa pergunta é difícil, pois varia muito de negócio para negócio. Para descobrir se você está tendo um bom volume, sua primeira opção é comparar com você mesmo. Acompanhe seu histórico ao longo do tempo e procure fazer com que as métricas fiquem sempre em um patamar satisfatório. Você também pode comparar com concorrentes, mas é importante que essa comparação também tenha contexto. Evite mercados muito diferentes ou empresas muito maiores.

 a escolha das métricas depende muito da estratégia do seu negócio. O mais importante é que quando você for escolher as métricas principais, tenha sempre em mente qual é o seu maior objetivo. Também é importante contextualizá-las com outros indicadores, como as métricas do Google Analytics.

Esqueça métricas de vaidade

Você percebeu que algumas das principais métricas do Facebook e do Instagram não estão na lista. Por exemplo, volume de seguidores e curtidas. A verdade é que, em muitos casos, são métricas de vaidade. Ou seja, é ótimo ter 1 milhão de seguidores, mas não adianta nada se a sua taxa de conversão ou engajamento é baixa. Isso quer dizer que o público segue por seguir, o que torna muito pouco valioso. Observe as métricas com valor real para seu negócio, em vendas diretas ou segundo seu objetivo no momento.

Fonte: www.escoladeecommerce.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *