Recanto Magini cultiva frutas nativas e alimentos sustentáveis e contribui para a preservação da Mata Atlântica

Recanto Magini cultiva frutas nativas e alimentos sustentáveis e contribui para a preservação da Mata Atlântica

O Recanto Magini Frutas Nativas da Mata Atlântica, presente em Parelheiros, última região rural da cidade de São Paulo ,iniciativa de Bete Sá e seu  filho Júnior Magini atua na preservação ambiental,  com a produção de frutas nativas como cambuci, uvaia, araçá, grumixama e beneficiam mais de 30 produtos como geleia de cambuci,  de jabuticaba, de juçara, cachaça com cambuci,cambu mel e atividades de ecoturismo e educação ambiental

Cambuci e grumixama negra – frutas nativas da Mata Atlântica-cultivadas no Recanto Magini- Parelheiros/SP

O Recanto Magini, idealizado na década de 1970 pelo pai de Júnior Magini, Joacir Magini, mas devido a algumas dificuldades, não foi possível concretizar o sonho, o que foi consolidado pela sua esposa Bete Sá e seu filho Júnior. A partir de 2006, buscaram uma forma de renda com práticas sustentáveis. Neste momento, Bete Sá iniciou num curso denominado “Sementes para o Futuro”, onde teve a oportunidade de aprender como cultivar o cambuci, onde fez 1000 mudas do fruto, plantaram 250 mudas e teve início o trabalho de preservação do Cambuci na região e geração de renda.

O Recanto Magini está localizado dentro do Pólo Ecoturístico da cidade de São Paulo, numa área de 30 mil metros no bairro de Parelheiros, zona sul da capital paulista, região com índice de preservação ambiental importante. O Recanto Magini não trabalha com extrativismo, e sim com cultivo das nativas. No caso do cambuci possui 200 pés, com produção anual de 500 kg do fruto, Júnior Magini observa: “ os pés de cambuci ainda são juvenis, por isso nossa produção atual é pequena , mas produzimos também uvaia, grumixama, pitanga, jabuticaba, caraguatá, entre outras.

Recanto Magini enfatiza que a preservação ambiental e proporciona trabalho e renda local

O trabalho é executado por Junior Magini e sua mãe Bete Sá, com a participação de jovens da região, que prestam serviço para a Iniciativa, e  indiretamente o Recanto Magini contribui com famílias do entorno, com a compra de frutas, capacitação para beneficiamento dos frutos , orientando como preservar  a palmeira juçara, por exemplo ao invés de cortar a árvore, a orientação é colher o cacho com os frutos e processar fazendo polpa de juçara, uma excelente opção ao açaí, com propriedades nutricionais relevantes.

 

  

Portfólio de Produtos sustentáveis Recanto Magini

Na linha de produtos desenvolvidos a partir de frutas nativas estão mais de 30 produtos, diferenciados, de origem na base do bioma Mata Atlântica.

Linha de geleias:

  • Geleia de: Cambuci com pimenta e gengibre, jabuticaba, uvaia, juçara

Licores de uvaia Recanto Magini

Cambu Mel, Juniorpinga de cambuci e vinagre de cambuci

O Ecoturismo Educação Ambiental também é uma atividade que faz parte das ações do Recanto Magini.

Júnior destaca o papel do Instituto AUÁ, na evolução do Recanto Magini: “ O AUÁ é uma peça importante na nossa história, começamos tudo depois do projeto Mudas, participamos da 2ª Rota Gastronômica do Cambuci de Parelheiros, que é uma iniciativa do AUÁ onde levamos mudas e geleias artesanais e alguns licores que estávamos começando a produzir à época. Em 2011, fomos convidados pelo Gabriel Menezes, presidente do Instituto AUÁ, a fazer parte da Rota do Cambuci. Desde então estamos no desenvolvimento cada vez mais, aprendendo, crescendo enquanto propósitos e negócio sustentável e hoje o Recanto Magrini possui renda que sustenta duas famílias com muito amor envolvido”.

Canais de comercialização dos produtos do Recanto Magini

Os produtos do Recanto Magini são comercializados em diversos canais, pelo Instituto AUÁ, que faz a comercialização e distribuição, pela loja virtual própria do Recanto Magini, em alguns pontos de vendas físicos como:

Feira Caminhos do Cambuci Av. Campos Salles, s/n – Paranapiacaba, Santo André – SP; (funciona aos sábados, domingos e feriados),

Esquina do Cambuci;

E no formato delivery, as vendas também estão em algumas plataformas como mercadolivre.com e  www.shopee.com.br

Saiba mais sobre o Recanto Magini em: 

Instagram: @recantomagini

Facebook: recantomagini

Vendas: https://recantomaginifrutasnativas.vendizap.com/

Sampa Mais Ruralhttps://sampamaisrural.prefeitura.sp.gov.br/lugar/recanto-magini-bete-do-cambuci

Toca da Onça Tour:  https://tocadaonca.tur.br/tocareconecta/recanto-magini/?v=19d3326f3137

 

Júnior Magini estará participando da série de lives produzidas pelo AUÁ “Dos Biomas à Mesa”, dia 4 de abril às 17h pelo Instagram: @institutoaua , iniciativa do Instituto AUÁ com a participação especial do Chef Renato Caleffi e Amoreri, Negócio Comunitário do Xingu.

Instituto AUÁ

É uma ONG, criada em 1º de maio de 1997, como um movimento para reconhecer a reserva da biosfera do cinturão verde de São Paulo. Inicialmente com o nome de Associação Holística de Participação Comunitária Ecológica (AHPCE).

Em 2014, passou a se chamar Instituto AUÁ de Empreendedorismo Socioambiental, mantendo o compromisso da mobilização comunitária para o desenvolvimento sustentável, em especial com a conservação da Mata Atlântica pela agroecologia.

O Instituto AUÁ, que em Tupi significa Gente, é reconhecido por suas ações por diferentes organizações internacionais, como UNESCO, Banco Mundial, Slow Food e WWF – World Wild Foundation.

 http://institutoaua.org.br/

Instagram: @institutoaua | Facebook: institutoaua

Vídeo Institucional – 20 anos do Instituto AUÁ

Mais informações do Trilhas para São Paulo

www.institutoaua.org.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *