Os efeitos da pandemia na saúde mental dos idosos

Os efeitos da pandemia na saúde mental dos idosos

A pandemia do coronavírus trouxe a necessidade do isolamento social.

Somado a isso, a doença e o medo de adoecer estão causando aumentando significativo nos casos de estresse e ansiedade.

Nos idosos, os efeitos podem ser ainda maiores, pois eles encontram-se no grupo de risco. Essa informação, por si só, já pode deixar muitas pessoas acima dos 65 anos angustiadas.

Os idosos estão no grupo de risco, assim como as pessoas diabéticas, hipertensas e com problemas cardíacos, pois sua imunidade é mais baixa, o que facilita a contração do vírus. Além disso, a resistência corporal dos idosos é mais limitada, aumentando o risco de lesões pelo vírus em demais órgãos importantes, como os pulmões e rins.

Por isso, é importante que os idosos permaneçam em isolamento e, quem estiver em sua companhia, também tenha cuidado redobrado para não trazer o coronavírus para dentro de casa.

Por outro lado, o isolamento social a longo prazo é prejudicial à saúde de qualquer pessoa, tendo efeito ainda maior nos idosos, aumentando a sensação de solidão.

O isolamento social não é e nem deve significar isolamento emocional. Idosos sozinhos em casa e distantes da família ou em casas de repouso, precisam receber contato humano através de telefonemas ou videochamadas. Eles precisam se sentir acolhidos, amados e assistidos.

Quem está convivendo diariamente com os idosos durante o isolamento precisa ter sabedoria para conseguir lidar, algumas vezes, com a intransigência dos senhores e senhoras. Muitos deles vão querer sair, descrendo na necessidade do isolamento, e nenhuma pessoa mais velha gosta de ser repreendida por uma mais jovem de forma abrupta, isso acaba sendo interpretado pelo idoso como um sinal de desrespeito.

Aproveite o momento para esclarecer sobre todos os riscos. Fale o quão importante é a presença dele ou dela na sua vida e diga que o ama ou a ama demais para permitir que algo ruim lhes aconteça. Faça com que eles sintam-se amados e acolhidos, trabalhe a empatia e coloque-se no lugar deles. Isto é muito importante.

Além disso, eles precisam alimentar-se bem e exercitarem-se. Procure exercícios para pessoas da terceira idade no YouTube e tire esse momento para exercitar-se junto. Caso houver uma área externa na casa ou condomínio, ou um local ao ar livre mais isolado e sem movimento, dê uma caminhada (com todos os cuidados de prevenção como uso de máscara e higienização de mãos), pegue um pouco de sol para recarregar as energias. É um excelente momento para criar vínculos e cuidar da saúde de quem você tanto ama!

Dr. Cézar Tabach

Geriatria – CRM 4463

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *