Fome não pode esperar: Camarote Virtual Solidário vai arrecadar cestas básicas para pessoas com HIV e Aids e em situação de vulnerabilidade

Fome não pode esperar: Camarote Virtual Solidário vai arrecadar cestas básicas para pessoas com HIV e Aids e em situação de vulnerabilidade

            O momento difícil da pandemia expõe as desigualdades e o número de pessoas em estado de vulnerabilidade aumenta. É preciso ser solidário e ter empatia.

A Agência de Notícias da Aids monta a 18. edição do camarote solidário na Parada LGBTQIA+, esse ano virtual com uma megalive no dia 06 de junho, das 12h às 19h, e a campanha para a compra de cestas básicas para pessoas com HIV e AIDS e em situação de vulnerabilidade.

Nos 40 anos da descoberta da AIDS e comemorando os 25 anos da Parada em S.Paulo, que é a maior do mundo, o tema de 2021 é “HIV/AIDS Ame+ Cuide+ Viva+”,  por isso a Agência de Notícias da Aids preparou um evento virtual solidário com entrevistas e três shows, mas o principal objetivo é arrecadar cestas básicas para doação as ONGs que atendem portadores de HIV e AIDS.

“Estamos muito felizes em poder construir, pela primeira vez, o Camarote Virtual Solidário. É um momento delicado, há muitas pessoas em situação de vulnerabilidade e necessitando de comida. Espero que possamos contar com o apoio de muita gente para poder ajudar aqueles que estão em uma situação difícil e praticamente passando fome em função da crise que enfrentamos. A agência Aids fazia o camarote presencial na Parada, sempre com ações solidárias, mas com a pandemia o camarote se tornou virtual e sem fronteiras. É importante celebrar os 18 anos de cidadania e respeito aos direitos humanos, mas principal é alavancar a campanha de doação de cesta básica, via QR CODE, que serão enviadas para pessoas vivendo com HIV e aids, pessoas LGBT em situação de vulnerabilidade. A fome e a Aids andam em paralelo e não podem esperar”, diz Roseli Tardelli, CEO da Agência de Notícias da Aids.

Na programação do Camarote Virtual Solidário entrevistas com personalidades, ativistas, médicos e ONGS, com apresentações de Rita Benneditto, As Baías e DJ Tutu Moraes. A transmissão ocorre no Youtube, no Facebook e no site da Agência Aids e também com a parceria do site Catraca Livre que vai transmitir o evento. A apresentação é da jornalista Roseli Tardelli e da Drag Queen Dindry Bucky.

       O Camarote Virtual Solidário tem o apoio do SESC, do Senac, das farmacêuticas GSK ViiV Healthcare, Janssen e Gilead, da DKT do Brasil, do Mulheres no E-Commerce e da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo.

A compra de cesta para doação vai até 26 de junho via QR Code e compra pelo link – https://pag.ae/7XaJo4dnR.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *