Amazônia é homenageada em canção pela Palavra Cantada

Amazônia é homenageada em canção pela Palavra Cantada

Depois do sucesso do lançamento do clipe e da música Canção para Fauna e Flora, composta por Sandra Peres, com a participação da Maria Gadú, a Palavra Cantada tem mais uma novidade em homenagem à natureza. A obra musical Amazônia, feita na parceria dos irmãos Paulo Tatit e Zé Tatit, já está disponível nas plataformas de streaming.

Paulo Tatit explica que as crianças são as pessoas que puxam para o cotidiano os sinais de alertas que os cientistas, bem como os artistas e as pessoas mais antenadas com seu tempo, trazem para nossa sociedade contemporânea. “Foi assim com o cinto de segurança, com o cigarro, com a limpeza urbana, com o lixo reciclável e tudo mais que elas aprendem na escola e colocam em prática com seus pais e avós todos os dias. E elas já vêm agindo assim também com os problemas do meio ambiente quando reclamam da poluição do ar e dos rios em S&atil de;o Paulo, das queimadas das florestas, quando questionam a transformação do boi em bifes e filés ou quando se preocupam com a ameaça à vida das abelhas”, descreve.

Em Amazônia, Paulo Tatit e seu mano-parceiro Zé Tatit procuraram fazer uma canção que trouxesse um conteúdo acessível e fácil de cantar. “Por isso cantamos em coro e a entrada das vozes infantis no minuto final é de grande impacto emocional! Por isso também, aquele tambor insistente na batida do bumba-meu-boi que coloca a canção sob um mesmo manto como num mantra”, destaca.
O músico conta que foi rápida e certeira a criação dessa canção que não deixa de ser um lamento por tudo que vem sofrendo nossa grande floresta. “É lamentável que estejamos vivendo numa fase em ‘que não cabe no Brasil a magia da floresta’. Quem sabe as crianças nos ajudem a sair dessa com sua crítica contundente”, acredita.

Sobre a Palavra Cantada
Música, brincadeira e educação andam juntas desde 1994, quando a Palavra Cantada foi fundada pelos músicos Sandra Peres (composição, piano, teclados e voz) e Paulo Tatit (composição, baixo, violão, guitarra e voz). A ideia é criar melodias, letras e arranjos originais, sempre de olho numa poética que respeite a inteligência e a sensibilidade das crianças. Qualidade e sucesso seguem o mesmo compasso. Desde a sua criação, a Palavra Cantada é premiada e elogiada pela crítica, graças a esse trabalho cuidadoso.

Seis álbuns da dupla foram premiados. O Prêmio da Música Brasileira (antes conhecido como Prêmio Sharp, Prêmio TIM e Prêmio CARAS) foi recebido seis vezes. Ao todo, são 16 CDs, 13 DVDs e 9 livros lançados, sempre com a preocupação de valorizar a cultura, os ritmos e os instrumentos brasileiros. Outro destaque é a relação íntima e acolhedora que a dupla constrói com as crianças e suas famílias e ainda shows, assistidos por mais de 2 milhões de pessoas.

Ficha técnica
AMAZÔNIA (escrita por Paulo Tatit e Zé Tatit)
Produtor Fonográfico: Palavra Cantada
Intérpretes: Paulo Tatit, Sandra Peres e participação especial: Ricardo Leal
Violão: Paulo Tatit
Percussão: Michelle Abu
Flauta: André Cortesi
Coro adolescente: Luiza Tatit, Marcela Teles, Laura Antunes e Lorena Luz.
Arranjo: Paulo Tatit
Gravado, mixado e masterizado por Alexandre Fontanetti
Estudio Space Blues São Paulo – Brasil

Disponível  nas plataformas de streaming, Youtube, Facebook e Instagram.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *