CÂMARA ESPANHOLA LANÇA GUIA “COMO FAZER NEGÓCIOS NA ESPANHA”

CÂMARA ESPANHOLA LANÇA GUIA “COMO FAZER NEGÓCIOS NA ESPANHA”

 

A Câmara Espanhola de Comércio no Brasil, lançou na manhã desta terça-feira, 23/04, em São Paulo, o guia “Como fazer negócios na Espanha”.

Atuando há mais de 60 anos no Brasil, a Câmara Oficial Espanhola de Comércio no Brasil tem como missão, além de promover o intercâmbio comercial entre os dois países, promover um ambiente de negócios ativos, valorizando o networking e o compartilhamento de informações.

“A proposta deste guia é dar suporte tanto para as grandes empresas brasileiras, como também para as pequenas e medias que queiram se internacionalizar. O objetivo principal deste manual é dar ao empresário, uma leitura prática e objetiva de como fazer negócios na Espanha, auxiliando-os durante todo o processo de estruturação no país.” Afirma Alejandro Gómez, director executive da Câmar aEspanhola de Comércio no Brasil.

Escritórios de Advocacia que atuam na Europa e toda América Latina, foram responsáveis por alguns capítulos importantes deste manual com orientações jurídicas e tributárias. Em parceria com importantes organizações como Briganti Cesce, Guatrecasas, Gómez-Acebo& Pombo, Idiomas Sin Fronteiras, IUS + Aequitas, Madrid Investment Attraction, Neoenergia, Quabbala, LLYC, Toda &Nel-lo | Rocha &Barcellos, Uria Menéndez e Banco Santander, o manual traz orientações essenciais sobre o mercado espanhol, questões jurídicas e tributárias, incentivos fiscais, bem como fontes de financiamentos e créditos.

A Espanha superou a crise através da internacionalização. Como o Mercado consumidor no Braisl é veroz, a indústria pouco pensou na internacionalização e essa é uma oportunidade de novos negócios e crescimento para o empresário brasileiro.

Segundo Isabel Rata, Conselheira Econômica e Comercial Chefe do Escritório Econômico e Comercial a Embaixada da Espanha, não existe discriminação, quando uma empresa chega na Espanha, é considerada empresa espanhola e tem as mesmas oportunidades de crescimento.

O governo Espanhol tem programas de incentive e investimento para a internacionalização de empresas. Segundo Isabel ainda, todas as startups são muito bem vindas e existe também toda uma estrutura de consultorias em nenhum custo, apoiada pelo governo da Espanha para receber e auxiliar o empresário brasileiro que queira se internacionalizar.

Entre as oportunidades de negócio apresentadas estão o ramo automotivo, Tecnologia de Informação, Biotecnologia, Logística, Transportes, Energia, Indústria Química, Nanotecnologia, agro-alimentação, Têxtil e Sapatos.

Questionei a mesa sobre a ausência da Indústria Cosmética, uma vez que o Brasil está entre os três maiores consumidores e produtores de cosméticos do mundo e a Sra. Isabel afirmou que existe sim um grande interesse no governo Espanhol e de todo o Mercado de receber a Indústria Cosmética Brasileira. Algumas empresas já estão em estudo, entre elas, Isabel citou o Boticário.

Outro ponto bastante enfatizado por Alejandro Gómez, Diretor Executivo da Câmara Espanhola é a questão tributária. A Espanha possui uma rede de impostos bem mais facilitada que o Brasil. Inclusive foi discutido pelos presentes que a legislação trabalhista na Espanha é bem mais simples, resguardando os direitos dos funcionários, mas incentivando mais o crescimento dos empresários também.

O manual é gratuito e está disponível em Português e Espanhol. Você poderá baixar aqui no portal ou no site da Câmara Espanhola
www.camaraespanhola.org.br

O lançamento irá ocorrer também no Rio de Janeiro no dia 25 de abril e em Recife no dia 26 de abril.


Profa. Ms. GiovanaQuini
Coach, Palestrante e Mentora
ProfessoraUniversitárianaárea de Administração de Empresas
www.giovanaquini.com
@gi.quini
https://www.youtube.com/c/GiovanaQuini

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *